Na madrugada deste domingo (26), um duplo homicídio cometido em frente a uma casa assustou os moradores de Terra Alta, no nordeste paraense. Ligia da Costa Miranda e Leandro Braga da Silva (também conhecido como “Nem”) foram assassinados por volta de 1h, na travessa Antônio Moura, perto da rodovia PA-136, em um crime com claras características de execução.

O 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com sede em Castanhal, informou que ainda há poucas informações sobre o crime. Tudo que se sabe é que Ligia e Leandro estavam conversando na frente da casa dela, junto com uma moça e um outro rapaz, quando os assassinos chegaram. Testemunhas informaram à polícia que os atiradores estavam em um carro e já chegaram perguntando “Quem é Ligia?”, com as armas em punho.

Quando a mulher e Leandro se identificaram, os atiradores dispararam várias vezes contra os dois, os atingindo com tiros nas costas, o que fez com que eles caíssem. Depois, os assassinos dispararam contra a parte posterior da cabeça de ambos. Após concluírem o ataque, os bandidos fugiram em alta velocidade e deixaram os dois no chão, que morreram quase que instantaneamente, sem chances de socorro.

Ainda segundo as testemunhas, o outro rapaz que estava no local também foi baleado, mas foi socorrido e levado ao hospital. 

A Polícia Civil já investiga o caso, por meio da Delegacia de Terra Alta, e há a hipótese de que a dupla execução tenha ligação com o tráfico de drogas. As investigações seguem na tentativa de identificar os assassinos e determinar o que pode ter servido de motivação, mas até o momento, nenhum suspeito de participação no crime foi detido.