O dólar iniciou a segunda-feira, 27, em queda acentuada contra o real, apresentando ajuste depois de registrar disparada histórica na semana passada, em meio a otimismo nos mercados internacionais em relação à flexibilização das medidas de combate ao coronavírus.

Às 9:15, o dólar recuava 1,78%, a 5,5670 reais na venda. O contrato mais negociado de dólar futuro operava em queda de 0,46%, a 5,5605 reais.

Na última sessão, na sexta-feira, a moeda norte-americana no mercado interbancário fechou em alta de 2,54%, a 5,6681 reais na venda, máxima recorde para um encerramento. O real registrou sua pior semana em onze anos na semana passada.

O Banco Central fará neste pregão leilão de swap tradicional para rolagem de até 10 mil contratos com vencimento em setembro de 2020 e janeiro de 2021.