Na noite desta quinta-feira (23), Alex Pereira Lobato foi morto em uma ação da Polícia Militar no bairro da Brasília, em Altamira, município da Região do Xingu. O homem foi perseguido por policiais após uma denúncia de roubo e teria resistido, atirado contra os PMs, que alegam que dispararam em resposta e acabaram matando o suspeito.

Segundo os agentes das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam), o caso começou foi por volta das 23h, quando uma vitima relatou que foi abordada pelo assaltante na Rua Joaquim Acácio, quando trafegava a caminho de casa. Com uma arma de fogo, um assaltante ameaçou a vitima e roubou seu aparelho celular. Após conseguir o que queria, ele fugiu correndo, e o homem que foi roubado procurou a polícia.

Os PMs então começaram a fazer buscas pelo homem descrito na denúncia, e encontraram um suspeito caminhando pela Rua da Concórdia, já no bairro Aparecida. Os policiais alegam que no momento da abordagem, Alex sacou uma arma de fogo do tipo espingarda, de calibre 36. Os PMs contam que precisaram reagir e atingiram o homem com disparos. Alex morreu em decorrência dos ferimentos.

O caso foi registrado como morte por intervenção policial na delegacia de Polícia Civil de Altamira. Alex Lobato já havia sido preso em 2019 por assalto a mão armada, e respondia ao processo pelo crime cometido em 2019. A arma que ele usou foi apresentada na delegacia.