A Arquidiocese de Belém negou a informação de que o Círio de Nazaré 2020 poderia ser cancelado ou adiado. A nota foi divulgada após a arquidiocese saber que está sendo divulgado nas redes sociais um suposto anúncio do Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, sobre o cancelamento do Círio.

Segundo a arquidiocese, os preparativos para o Círio 2020 seguem dentro das possibilidades e circunstâncias atuais.

“A Diretoria da Festa de Nazaré tem trabalhado normalmente para a sua realização, prevista para o dia 11 de outubro, acreditando que até lá a pandemia da covid-19 esteja sob controle, sem riscos à saúde pública. Se, todavia, ainda houver riscos ou determinações das autoridades governamentais, serão estudadas as alternativas que se apresentarem viáveis. Até este momento não há nenhuma perspectiva de cancelamento ou adiamento. Todas as alternativas e possibilidades serão analisadas pela Arquidiocese, pela Paróquia de Nazaré e pela Diretoria da Festa, Instituições parceiras, sendo que a palavra final caberá ao Arcebispo, e publicada oficialmente pelos órgãos de comunicação da Arquidiocese de Belém do Pará, DFN e Basílica Santuário”, informou a nota publicada pelos organizadores do Círio.

Ainda foi informado que qualquer mensagem, comunicado, pronunciamento e nota oficial do Arcebispo é publicada apenas no site da Arquidiocese (www.arquidiocesedebelem.com.br) e que está mantido o lançamento do cartaz do Cirio para o dia 31 de maio. 

“De modo algum os organizadores da Festa colocarão em risco a saúde pública e a segurança sanitária dos romeiros e fiéis. Qualquer alteração poderá ser tomada até o final do mês de agosto, podendo haver antecipação, sem aviso prévio, se assim o recomendarem os fatos e a evolução da pandemia”, acrescentou a nota da Arquidiocese de Belém.