Um médico paraense que trabalhava em um hospital da zona leste de São Paulo morreu por covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Frederic Jota Silva Lima tinha 32 anos, era de Belém e não possuía nenhum problema de saúde. A informação foi divulgada em um telejornal do canal Globonews, nesta terça-feira (21).

De acordo com a reportagem, o médico começou a apresentar os sintomas mais leves da doença na sexta-feira (17), que se agravaram para a falta de ar no domingo (19). “Consegui falar com ele por mensagem no domingo pela manhã. Ele falou que estava ruim e já não visualizou mais minhas outras mensagens. Em 50 minutos não estava mais online”, contou a irmã de Frederic, Eva Tolvana.

A irmã e o pai de Frederic irão viajar até São Paulo para acompanhar a cremação do corpo do médico. As cinzas serão levadas de volta para Belém, terra natal dele. “Ele tinha uma vida toda pela frente. Sempre foi batalhador. O que ele queria alcançar, ele alcançou”, disse Eva, emocionada.

No início da noite desta terça-feira (21), os vizinhos de Frederic prestaram uma homenagem ao médico no prédio onde ele morava, no bairro do Brooklin. Ele foi aplaudido por centenas de pessoas.

Além de trabalhar na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Itaquera, Frederic também atuava na UPA do bairro Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo. O prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB) divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do médico.