O estado do Amazonas comandará a primeira pesquisa brasileira para avaliar a eficácia do medicamento cloroquina contra o novo coronavírus (Covid-19). Em anúncio feito via live pelo Facebook do Governo do Amazonas, o governador Wilson Lima destacou que o estado recebeu aprovação da Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conepe) para iniciar, a partir desta segunda-feira, 23, o uso do medicamento em pacientes graves internados com a nova doença.

O medicamento foi escolhido após testes realizados em pacientes graves em países europeus como a França que, conforme a diretora da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary Pinto, apresentaram 100% de efetividade de cura contra a doença, apesar de ter sido testado em pequena escala e com baixo número de amostragem.

No Amazonas, a pesquisa será coordenada pelo médico da Fundação de Medicina Tropical e pesquisador da Fiocruz Amazonas, Marcus Lacerda. Por meio de um post em sua página pessoal Instagram, o médico destacou que inicia, ainda hoje, os testes em um paciente que está internado no Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz.

Alerta contra automedicação

Ainda durante a live, Wilson Lima alertou que a cloroquina e remédios que contenham o composto do medicamento na sua composição química estão sendo controlados pela Anvisa.

“Houve uma grande corrida às farmácias para a compra desenfreada desse medicamento. Isso é prejudicial não apenas para a nossa saúde, mas também para outras pessoas que realmente necessitam do medicamento, e que acabam não encontrando nas farmácias.

Fonte: A Critica.