Com o preço do óleo diesel subindo nos postos desde outubro do ano passado, o Brasil se tornou um dos países mais caros quando se refere ao produto. Na primeira semana deste mês, o combustível ficou mais “salgado”, em 6 dos 7 países analisados pelo Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás e Biocombustíveis.

Em 2020, o Brasil ficou junto a Alemanha, Áustria, Dinamarca, EUA, França e Reino Unido como os mais careiros, só perdendo a liderança do ranking para a Alemanha devido que sofreu sucessivos reajustes.

Segundo a pesquisa, a exceção foi o Reino Unido, que apresentou baixa volatilidade de preço. De acordo com o jornal Estoé, no Brasil, a alta foi de 2,48%, ante mesmo período em dezembro.

No Pará, o produto sofreu um reajuste de cerca de 8,00% no final do ano passado, conforme o balanço divulgado no dia 29 de dezembro de 2020, pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconomicos (Dieese). Segundo a pesquisa, o diesel foi comercializado em Belém,  em média a R$ 4,009, com o menor preço a R$ 3,599 e o maior a R$ 4,499.

Com informações do Estoé