Outros dois cães foram encontrados mortos próximo ao campi da UFPA, no bairro do Guamá,  em Belém. Os animais estavam às margens de um braço do rio Tucunduba, que atravessa a universidade. O caso foi comunicado à Polícia, nesta segunda-feira, 23, que investiga a morte de 13 cães do projeto “Peludinho”.

Um dos animais foi encaminhado para necropsia na Universidade Rural da Amazônia (Ufra). Também Será recolhido material para exame toxicológico no Centro de Perícias Renato Chaves. 

Investigação

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar a morte de cães na Universidade Federal do Pará (UFPA). A Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa) da Polícia Civil vai investigar o caso após três cães aparecerem mortos em sacos, boiando no rio da universidade.

Os corpos foram encontrados no dia 8 de outubro por estudantes que estavam praticando Remo no rio que banha a universidade. A PC informou que testemunhas já estão sendo ouvidas e diligências sendo realizadas.

A Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA) também acompanha o caso.