A pastora Andressa Urach voltou a desabafar em suas redes sociais. A modelo de 33 anos contou que uma pessoa “religiosa” fez com que ela se afastasse de um amigo gay. A evangélica, recentemente cortou os laços com a Igreja Universal.

“Uma vez uma pessoa religiosa fez eu me afastar de uma amizade que eu amava, por essa amizade ser gay, essa pessoa religiosa disse que essa amizade estava me levando ao inferno”, começou ela.

“O mais engraçado que o meu amigo ‘gay’ que nunca me humilhou e ainda me ajudou no dia que mais precisei, nunca absolutamente nunca me fez mal algum, nem com palavras e muito menos com atitudes. Já a tal pessoa religiosa… além de me julgar sendo que eu não estava fazendo nada de errado na época, ainda me empurrou para o fundo do poço literalmente, com atitudes e palavras”, completou ela.

Andressa ainda ironizou os falsos cristãos, que usam a religião para expor sua homofobia. 

“Agora fica a pergunta… será que Jesus vai salvar o pecador? Ou vai salvar aquele que acha que não tem pecado e ainda machuca as pessoas com as palavras? Bom… eu só sei de uma coisa, que o único que poderia me julgar é Jesus, meu advogado e Ele foi crucificado justamente para me salvar a pior de todas as pecadoras. Jesus é incrível… chato é o fã clube fake dele (fariseus).”

“Me envia teu endereço, que o início do mês está chegando, vou enviar os meus boletos pra você pagar. E eu amo os gays, então aceita porque o meu Jesus não faz acepção de pessoas. Todos somos pecadores e seremos salvos pela misericórdia dEle! E Se Ele quiser. Fica a dica”, finalizou.

Fonte: IstoÉ