O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, escreveu a palavra ‘Nhonho’ em uma postagem do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O comentário foi feito em uma de sábado, na qual Maia criticava Salles: “O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo.”

Além de Maia, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), já havia usado as redes sociais para sinalizar apoio a Ramos. A chamada ala ideológica do governo, contudo, é crítica ao militar, a quem responsabiliza pela aproximação do governo com o Centrão. Além da ala mais conservadora do governo, Salles tem do seu lado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente.
 
No mesmo dia, Salles optou por não contra-atacar. “Para mim, este assunto está encerrado”, disse. A história parecia resolvida, até a noite desta quarta, quando um personagem de Chaves foi citado na política nacional. Até a conclusão desta matéria, Maia não havia comentado o caso. 

Fonte: Estadão de Minas.