Um turista usa uma máscara protetora em frente à loja de departamentos Galeries Lafayette, em Paris, quando o país é atingido pelo novo coronavírus, na França, em 30 de janeiro de 2020.

Uma nova campanha em massa de testes foi imposta na China na região noroeste do país, onde foram registrados 137 novos casos de covid-19.

Ao todo 4,75 milhões de habitantes da cidade de Kashgar e suas proximidades, na província de Xinjiang foram examinados. Os testes começaram no sábado, 24.

Este novo surto em Xinjiang, onde todos os positivos são por hora assintomáticos, se originou em uma fábrica do condado de Shufu onde trabalham a jovem infectada e seus pais, informou a comissão sanitária desta província em coletiva de imprensa.

Na noite deste domingo, 25, já haviam sido realizados 2,8 milhões de testes, confore informou o governo municipal.

O país asiático chegou a controlar a pandemia em seu território através da realização de um grande número de teste, medidas de confinamento e restrições de circulação, enquanto voltaram a surgir alguns focos isolados de contágios.

A China é o país onde oficialmente foi detectado o novo coronavírus pela primeira vez no final de dezembro, antes da doença se propagar pelo mundo.

Fonte: Uol