Ayrton Senna morreu em um trágico acidente durante o GP de San Marino, em 1994, mas o piloto tricampeão mundial de Fórmula 1 ainda está na memória e no coração de muitos brasileiros e amantes do automobilismo. Em entrevista ao programa ‘Esporte Espetacular’, da Globo, a atriz e apresentadora Adriane Galisteu relembrou a relação com o astro e lamentou a tragédia.

Adriane Galisteu namorou com Ayrton Senna em 1993. Atualmente, a atriz e apresentadora tem 47 anos, é casada e tem filho. Entretanto, na entrevista, ela disse que o piloto tricampeão mundial ainda faz parte da sua vida e que o acidente em 1994 sempre está na sua cabeça.

– Toco a minha vida, tenho 47 anos, mas 1994 está sempre aqui [na cabeça]. Sou casada com um brasileiro que amava o Ayrton também. Meu filho [Vittorio] tem 9 anos e já sabe quem foi o Ayrton. Ele sabe da importância e do tamanho dele para o Brasil e para o mundo – afirmou.

O ‘Esporte Espetacular’ relembrou a temporada de 1993 de Ayrton Senna, que terminou com o vice-campeonato. Apesar disso, no entanto, o ano marcou a última vitória de Senna no GP do Brasil e a sua última vitória na carreira, no GP da Austrália, além de torná-lo o maior vencedor de Mônaco. No ano seguinte, ele acertou com a Williams e morreu no acidente do GP de San Marino, no dia 1º de maio.