O candidato a prefeito de Dom Eliseu, município do nordeste paraense, Adriano Sousa Magalhães (Solidariedade) foi assassinado na noite desta quinta-feira, 7. Informações preliminares dão conta de que o político foi baleado na cabeça e não resistiu aos ferimentos.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte precoce do candidato. “Vá em paz, amigo. Infelizmente até na ganância da polícia acontece esse tipo de coisa”, escreveu Vitor Atm no Facebook.

Adriano era natural de Teresina – PI, vindo em seguida a passar a morar na cidade de Imperatriz – MA, local onde residiu até os seus 17 anos de idade. Em 2008 se mudou para Dom Eliseu, onde trabalhava desde então como advogado.

Nota de pesar

O partido de Adriano, Solidariedade, se manifestou sobre situação de violência ocorrida e afirmou que vai cobrar da Justiça uma investigação sobre os responsáveis pelo o assassinato