Num dia de al铆vio no mercado financeiro, o d贸lar caiu e a bolsa subiu. O d贸lar comercial encerrou esta quarta-feira, 30, vendido a R$ 5,619, com recuo de R$ 0,025 (-0,44%). O 铆ndice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 94.603 pontos, com alta de 1,09%.

Apesar da tranquilidade da sess茫o, o d贸lar fechou setembro com valoriza莽茫o de 2,52%, depois de ter subido 5,02% em agosto. A divisa teve a maior alta para meses de setembro desde 2015, quando a moeda norte-americana tinha subido 9,33%. Em 2020, cota莽茫o acumula valoriza莽茫o de 40,02%.

Mesmo com a alta de hoje, o Ibovespa recuou 4,8% em setembro. Esse foi o pior desempenho mensal da bolsa desde mar莽o.

O d贸lar iniciou o dia em alta. Na m谩xima do dia, por volta das 9h15, chegou a R$ 5,66. A cota莽茫o come莽ou a cair 脿 tarde, depois da declara莽茫o do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o financiamento do Renda Cidad茫, futuro programa social do governo, n茫o ser谩 feito por meio do adiamento de precat贸rios (d铆vidas reconhecidas pelo governo ap贸s decis茫o definitiva da Justi莽a).

O Ibovespa operou em alta durante todo o dia. Al茅m da declara莽茫o de Guedes, o mercado foi influenciado pelo resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que registrou a cria莽茫o de 249,3 mil postos de trabalho com carteira assinada em agosto, o melhor desempenho para o m锚s em nove anos.

*Fonte: Ag锚ncia Brasil