O último domingo, 27, foi de alegria para as ginastas paraenses que participaram da Copa de Las Américas, o Campeonato Virtual de Ginástica Artística Feminina, organizado pela Escuela de Gymnasia, de 23 a 26 deste mês. No evento, competiram 16 alunas do programa Talentos Esportivos, desenvolvido pela Secretaria do Estado de Esporte e Lazer (Seel) que conquistaram  no total oito medalhas, sendo uma de ouro e uma de prata.

O evento contou com a participação de 1.065 atletas de 15 países incluindo Peru, Bolívia, Venezuela, Equador, Argentina, Chile e Brasil. “Conquistamos uma medalha de ouro e uma de prata, além de três quartas colocações, uma quinta colocação e duas oitavas colocações. Nesta competição, o pódio era do 1° ao 8° lugar”, explica é técnico Ulisses Lima.

Participaram da Copa: Maria Alicia Lisboa, Maria Rita Pinheiro, Thaviny Beatriz Campelo, Caroliny Travassos, Maria Vitória Barros, Thaciany do Nascimento Vasconcelos, Ana Luísa Paixão de Souza, Lorena Eloá Moraes Lima, Luana Fernandes, Kaylane Eduarda Reis, Juliana Ramos Lima, Lia da Silva Oliveira, Ana Gabriela Conceição, Calina Foro Mendes, Bruna Cristine e Letícia Borcem. 

Carollyne conquistou o 1° lugar (nível 2, categoria 11-12 anos). Ana Gabriela ficou com o 2° lugar (nível 4, categoria 13-14 anos). Juliana ficou em 4° lugar (nível 4, categoria 11-12 anos). Letícia em 4° lugar (nível 2, categoria 11-12 anos). Ana Luiza ficou em 4°lugar (nível 3, categoria 9-10 anos). Bruna ficou em 5°lugar (nível 4, categoria 13-14 anos). Luana ficou em 8°lugar (nível 4, categoria 13-14 anos). Thacyane ficou em 8° lugar (nível 2, categoria 11-12 anos). 

“Fiquei muito feliz com o resultado, por ter conseguido a primeira colocação. Agradeço à Seel por desenvolver este programa, pois assim como eu todas as meninas amam a ginástica e a equipe técnica do professor Ulisses. Minha família também teve um papel importante por me incentivar neste momento apesar das dificuldades de treinar em casa”, disse Carollyne, de 12 anos, aluna do Talentos Esportivos há dois anos. 

O Talentos Esportivos visa contribuir para o desenvolvimento do esporte no estado do Pará, evidenciando a integração social, a promoção da saúde, desenvolvimento da cidadania de crianças, adolescentes e jovens, por meio de aulas gratuitas. O programa atende crianças a partir de 7 anos e atualmente conta com 600 alunos. 

Pelas regras do campeonato, que não conta pontuação para o ranking, as competidoras teriam que se apresentar em algum espaço de sua própria casa, o que facilitou e incentivou a prevenção contra o novo coronavírus.

Fonte: Agência Pará