O plenário do Tribunal Regional do Pará (TRE-PA) julgou na tarde desta quinta-feira,20, o recurso contra ação do Ministério Público Eleitoral que acusava o prefeito Zenaldo Coutinho de crime eleitoral durante as eleições de 2016, quando foi reeleito. A decisão foi favorável ao prefeito de Belém, que foi inocentado por unanimidade pelo pleno do tribunal.

Zenaldo era acusado de ter cometido abuso de poder econômico e político durante a campanha de 2016. De acordo com o MP, o prefeito teria sido acusado veicular propaganda institucional em período proibido, com conteúdo vedado, nas páginas da prefeitura no facebook, youtube e outros veículos oficiais do município de Belém na internet.

Além da propaganda na rede social, Zenaldo era acusado de usar as cores “azul e amarela” em placas de obras espalhadas pela cidade, bem como da utilização da gratuidade na inauguração do sistema BRT em período eleitoral.

Com a decisão, o TRE afasta de vez a tese que fundamentou a cassação de Zenaldo no segundo turno da campanha de 2016 para prefeitura de Belém.

Por: Paraweb