Se a maratona de séries já era uma prática bastante comum entre os brasileiros, a adaptação à nova rotina de proteção ao novo coronavírus, fez com que muito mais gente se interessasse pelas tramas disponíveis nos serviços de streaming. A maratona é a prática de assistir muitos episódios da mesma série de uma vez só; tem quem chegue a terminar uma temporada em um único dia, e aqueles mais moderados.

É fato que os brasileiros consomem muitas séries de TV, e esse comportamento motivou a empresa de marketing digital SEMrush a pesquisar quais as séries favoritas no país.

Nesta semana, a empresa realizou um estudo e apurou quais foram as séries mais pesquisadas na internet no Brasil em 2020. “Sex Education” (Netflix) foi a série que mais bombou na web, com base em dados de mecanismos de buscas como Google e Bing, um total 1,6 milhão de buscas foram realizadas entre janeiro e fevereiro.

A série britânica de comédia dramática foi criada por Laurie Nunn, e teve sua estreia em janeiro de 2019, na Netflix. A narrativa acompanha Otis (Asa Butterfield), um adolescente socialmente inapto que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Apesar de não ter perdido a virgindade ainda, ele é uma espécie de especialista em sexo. Junto com Maeve (Emma Mackey), uma colega de classe rebelde; e Eric (Ncuti Gatwa), seu amigo; ele resolve montar sua própria clínica de saúde sexual para ajudar outros estudantes da escola.

A narrativa agradou os brasileiros e o sucesso se repetiu com a estreia da segunda temporada, em janeiro deste ano. Os personagens divertidos, os dramas da vida adolescente, assim como o roteiro repleto de discussões sobre assuntos como sexualidade e afeto, trouxeram “Sex Education” ao topo da lista.

Já em segundo lugar, a série mais pesquisada é “Anne With An E”, também da Netflix. A produção recebeu 1,3 milhão de pesquisas no mesmo período. Logo atrás, “Stranger Things” completa o pódio como a terceira série mais popular entre os brasileiros. Em 2020 na internet e obteve 1,2 milhão de buscas por seu título, que também pode ser assistida pelo streaming da Netflix.

Mesmo com o sucesso, “Anne With An E” teve sua última temporada disponibilizada este ano, isto porque a série não foi renovada para mais um ano, deixando alguns fãs frustrados. A série canadense criada por Moira Walley-Beckett estreou na plataforma em março de 2017, e a terceira e última temporada chegou na Netflix já no terceiro dia de 2020. 

Na história, depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a orfã Anne é mandada para morar com uma solteirona e seu irmão. Munida de sua imaginação e de seu intelecto, a pequena Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo em uma espécie de jornada do autoconhecimento.

A terceira da lista está entre as queridinhas dos brasileiros desde 2016, quando sua primeira temporada chegou ao netflix repleta de referências da ficção científica oitentista. “Stranger Things” é uma produção americana, criada por Matt e Ross Duffer. Na narrativa, Will (Noah Schnapp), um menino de doze anos, desaparece misteriosamente; então o xerife Jim Hopper (David Harbour) inicia uma operação para encontrá-lo. Enquanto isso, Mike (Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Matarazzo) e Lucas (Caleb McLaughlin), melhores amigos do garoto, decidem procurar Will por conta própria. Mas as investigações acabam os levando a experimentos secretos do governo e a uma peculiar menina perdida na floresta.

A terceira temporada da série chegou ao Netflix em julho de 2019; mas os fãs fazem barulho atualmente em contagem regressiva para nova temporada, com estreia marcada para esta sexta-feira (3/04).

Em quarto lugar, ainda que seu primeiro episódio tenha sido televisionado em 2005, “Grey’s Anatomy” conquistou 918 mil pesquisas nos dois primeiros meses de 2020 na internet pelos brasileiros. Em seguida, “The Walking Dead”, que terá sua 10ª temporada encurtada devido ao coronavírus, recebeu 669 mil buscas.

Completam a lista: “La Casa de Papel”, com 492 mil pesquisas; “Outlander”, com 336 mil; “O Mundo Sombrio de Sabrina”, com 255 mil; e “Elite” e “Dark, empatadas com 255 mil pesquisas.

As plataformas streaming também foram analisadas pela SEMrush e a mais pesquisada foi a Netflix, com 24 milhões de buscas. Em seguida, Globo Play, com 8,3 milhões. Já a Amazon Prime Video recebeu 1,3 milhão e HBO Go, 275 mil. Por último, Apple TV+ obteve apenas 11 mil pesquisas entre janeiro e fevereiro. O sucesso na Netflix no país reflete na própria lista de séries, já que das dez séries mais pesquisadas, apenas “Grey’s Anatomy”, “The Walking Dead” e “Outlander” não são produções originais da Netflix, mas todas estão disponíveis na plataforma.

Fonte: O Liberal