A campanha nacional de vacinação contra a gripe já começou. Mas desde o início do dia, muitas filas se formaram em frente a unidades de saúde. Como um dos públicos alvos é formado por idosos, com 60 anos ou mais, há aquilo que se quer evitar há vários dias: aglomeração de pessoas mais vulneráveis. O Governo do Estado até publicou uma lista com pontos alternativos para buscar as doses. Só que isso não evitou o desespero da população em garantir proteção conta, ao menos, os vírus já conhecidos de gripe.

Uma das unidades que registrou movimentação acima do normal foi a unidade municipal de saúde de Icoaraci. Uma longa fila, com pessoas de máscaras e muito próximas umas das outras. Cabe lembrar que algumas das recomendações é manter uma distância de segurança, no mínimo de um metro, para minimizar riscos. Se a regra de não aglomerar pessoas já está sendo ignorada, medidas mais simples ainda mais.

Se uma unidade estiver lotada, o recomendável é buscar outra unidade ou esperar outro horário. Cada município está tentando articular pontos alternativos e as comunidades precisam auxiliar na divulgação de informações legítimas. É importante não compartilhar material da internet sem verificar a procedência. Há canais oficiais, da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e das prefeituras.

Maria da Conceição Souza mora perto da unidade e demonstrou preocupação com o vírus. Até porque a área onde mora, diz ela, é majoritariamente composta por idosos. “Liguei para o 190 para denunciar e simplesmente, quando falei o que estava acontecendo, desligaram”, criticou. Outras unidades de saúde, tanto municipais quanto estaduais, estão na mesma situação. Como o posto da Sespa, na avenida Pedro Miranda.

A campanha de vacinação atual é apenas contra os vírus Influenza, que causam as gripes já conhecidas. Ainda não há nem vacina e nem medicação específica para tratar a covid-19, doença causada pelo Sars-Cov-2, o novo coronavírus.

Os primeiros grupos prioritários para imunização, a partir desta segunda-feira (23), são pessoas acima de 60 anos — único público a ser vacinado nos 32 postos descentralizados — e profissionais de saúde, que devem procurar as Unidades Básicas até o dia 15 de abril.

A segunda fase da Campanha, a partir de 16 de abril, priorizará professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, e doentes crônicos. Essa etapa prosseguirá até 8 de maio. A partir de 9 de maio, considerado o dia D da Campanha, serão vacinadas crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães com até 45 dias após o parto, população indígena e pessoas com deficiência. A vacinação prosseguirá até 22 de maio.

Posto de saúde da Sespa, na avenida Pedro Miranda, também registrou filas longas desde o início da manhã
O posto de saúde da Sespa, na avenida Pedro Miranda, também registrou filas longas desde o início da manhã (Vito Gemaque / O Liberal)

O QUE FAZER

As recomendações do Ministério da Saúde são: lavar bem as mãos e pulsos ou usar álcool gel para higienização; evitar contatos físicos desnecessários, cobrir boca e/ou nariz ao tossir e/ou espirrar; não compartilhar alimentos e/ou talheres; higienizar estações de estudo ou trabalho; ao retornar de viagens onde há casos confirmados, com ou sem contato com casos suspeitos, é importante acionar os órgãos municipais de saúde e se afastar de atividades de estudo ou trabalho por, pelo menos, 14 dias.

Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza, diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica. Os dados locais do Pará só costumam ser atualizados, pela Sespa, à noite.

Durante 24 horas por dia, a Prefeitura de Belém mantém o telefone (91) 98417-3985 para informações gerais e casos de suspeitas de covid-19. Há outros canais, para situações menos urgentes, que funcionam de 8h às 22h: (91) 3184-6110, (91) 98568-3067 e (91) 98568-6203. Nas redes sociais da Prefeitura há também informações oficiais sobre a doença e formas de prevenção.

Locais de vacinação da 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza no Pará.

SUPERMERCADOS

1. Supermercado Líder Augusto Montenegro – Avenida Augusto Montenegro, s/n, KM-08 – Parque Guajará, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

2. Supermercado Líder Praça Brasil – Travessa D. Pedro I, 1083 – Umarizal, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

3. Supermercado Líder Independência – Avenida Augusto Montenegro, 3010 – Parque Verde, Belém. Horário de atendimento: 8 às 18 h.

4. Supermercado Líder Doca – Avenida Visconde de Souza Franco (Doca), 1088 – Umarizal, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

5. Supermercado Líder Canudos – Avenida Ceará, 518 – Canudos, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

6. Supermercado Líder Marambaia – Avenida Tavares Bastos, 827 – Marambaia, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

7. Supermercado Líder Cidade Nova – Travessa WE-72, nº 762 – Cidade Nova, Ananindeua. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

8. Supermercado Formosa Duque – Avenida José Bonifácio, 165 – Fátima, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

9. Formosa Supermercado e Magazine – Rua SN-17 – Coqueiro. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

10. Supermercado Formosa Umarizal – Rua Curuçá, 580 – Telégrafo, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

11. Supermercado Formosa Augusto Montenegro – Avenida Augusto Montenegro – Mangueirão, Belém. Horário de atendimento: 8 as 18 h.

FARMÁCIAS

1. Farmácia Globo – Arterial 5-B, 18, 251- Coqueiro, Ananindeua. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

2. Farmácia Globo Icoaraci – Avenida Dr. Lopo de Castro, 1.292 – Cruzeiro(Distrito de Icoaraci), Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

3. Extrafarma Ananindeua – Rodovia BR-316, 1.360 – Centro, Ananindeua. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

4. Extrafarma – Rodovia do Tapanã, 420 – Tapanã (Icoaraci), Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

5. Extrafarma – Avenida Roberto Camelier, 1.705 – Jurunas, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

6. Extrafarma – Rua dos Mundurucus (Cremação), nº 4.776, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

7. Extrafarma – Avenida João Paulo II, 1.000 – Marco, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

8. Drogasil – Avenida Serzedelo Corrêa, 1.075 – Batista Campos, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

9. Drogasil – Avenida Conselheiro Furtado, 1.267 – Batista Campos, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

10. Drogasil – Avenida Gentil Bittencourt, 1.584 – Nazaré, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

11. Drogasil Doca – Avenida Visconde de Souza Franco, 863 – Umarizal, Belém. Horário de funcionamento: 24 h.

12. Drogasil – Rua dos Mundurucus, 1.619, Batista Campos, Belém. Horário de funcionamento: 24 h.

13. Farmácia Pague Menos – Avenida Alcindo Cacela, 2.426 – Cremação, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

14. Farmácia Pague Menos – Rua Antonio Barreto, 190 – Reduto, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

15. Farma Líder Doca – Avenida Visconde de Souza Franco, 1.088 – Umarizal, Belém. Horário de funcionamento: 14 h.

ESTACIONAMENTO DOS SHOPPINGS

1. Shopping Metrópole Ananindeua, Rodovia Mário Covas – Coqueiro, Ananindeua. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

2. Shopping Castanheira, Rodovia BR-316, KM-01, s/n – Castanheira, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

3. Parque Shopping Belém – Avenida Augusto Montenegro, 4.300 – Parque Verde, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

4. Shopping Bosque Grão-Pará – Avenida Centenário, 1.052 – Val de Cães, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

5. Shopping Pátio Belém – Travessa Padre Eutíquio, 1.078 – Batista Campos, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.

6. Shopping Boulevard – Avenida Visconde de Souza Franco, 776 – Reduto, Belém. Horário de funcionamento: 8 as 18 h.