Por meio de um decreto assinado nesta quarta-feira (18), a Prefeitura de Oriximiná, no oeste do Pará, declarou situação de emergência no município por conta da pandemia do novo coronavírus por um período de 90 dias, podendo ser renovável por mais 90 dias.

BAIXE AQUI o guia de informações essenciais sobre o Coronavírus.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Oriximiná monitora dois casos suspeitos de coronavírus. Uma pessoa está em isolamento domiciliar, com acompanhamento de equipe médica. Outro, está em isolamento no Hospital Municipal.

Pelo documento, fica estabelecido que o município está autorizado a adotar todas as medidas necessárias à imediata resposta por parte do Poder Público Municipal.

A aquisição de bens e serviços destinados ao enfrentamento da emergência tiveram dispensa de licitação.

Os órgãos municipais podem reduzir ou alterar os serviços, implementando novas condições e restrições temporárias na prestação e acesso. A coordenação do Comitê de Gestão de Crise fica a cargo da Semsa.

A Semsa deve, ainda, capacitar profissionais de saúde para o atendimento, diagnóstico e orientação sobre medidas protetivas, estabelecer processos de triagem nas unidades de saúde para a rápida identificação de casos da covid-19, além de adquirir equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde.

Para o atendimeto dos pacientes com sinais de sintomas respiratórios graves, será criada uma sala de coleta específica.

Para os demais órgãos, deve-se evitar a aglomeração de pessoas no interior dos prédios municipais, manter a ventilação natural no ambiente de trabalho, disponibilizar insumos recomendados pelas autoridades de saúde e sanitária e os servidores e funcionários devem ser orientados sobre a covid-19.

Fonte: O Liberal