Em meio às recomendações de higienização para prevenção contra o novo coronavírus, o álcool isopropílico em concentração de 70%, produto recomendado para desinfetar aparelhos eletrônicos, ganhou atenção especial. Em Belém (PA), a assistência técnica especializada de celulares Iphone Store Pará está distribuindo gratuitamente frascos do produto e esclarecendo as formas corretas de utilização.

Trata-se de um kit com um frasco de 20 mililitros e mais dois paninhos que devem ser utilizados no processo de limpeza. Não foi estipulado o limite que cada pessoa pode pegar, mas os responsáveis pela ideia esperam a consciência mediante o que cada um realmente necessita. A loja fica localizada na avenida Gentil Bittencourt, 730, esquina com a travessa Quintino Bocaiúva, no bairro de Nazaré. Informações: (91) 3347-7302 / 98110-5090.

A iniciativa, anunciada no início tarde desta quinta-feira (19), por meio das redes sociais da assistência técnica, logo ganhou repercussão entre os internautas. “Uma atitude mais que humana. Enquanto uns vendem e se aproveitam da situação, vocês dão de graça”, comentou Alessandro Fontinele, por meio do instagram.

O dono da assistência técnica, Italo Wanghon, disse que a ideia surgiu em família, a partir dos cuidados para evitar bactérias e a Covid-19. “Essa iniciativa surgiu em casa, porque moro com idoso e criança. Minha mãe pediu que eu levasse um produto desse para limpar os aparelhos de casa, já que criança brinca muito com celular, tablet, e os aparelhos acumulam bactérias”, disse. 

“A partir de então, decidi compartilhar isso. Mas decidi não vender, porque acho isso um absurdo. Na mesma hora em que divulgamos, os 30 primeiros frascos acabaram. Comprei mais cem. Se acabar, vou comprar mais para distribuir”, acrescentou Italo. “Fazemos essa higienização nos smartphones dos clientes de graça. Me preocupei em ampliar isso entregando o líquido de presente”. 

Enquanto já houve caso de prisão de comerciantes que superfaturaram o preço do álcool em gel em Marituba, na Região Metropolitana de Belém, na última quarta-feira (18), Italo diz que esse seria o produto que ele realmente gostaria de distribuir de graça. “Minha vontade era distribuir álcool em gel, que serve para higienizar as mãos. Mas não consegui, porque não consigo encontrar na cidade. Está escasso”, frisou.

Técnico ensina como higienizar os aparelhos eletrônicos

O álcool isopropílico em concentração de 70% pode servir para limpar smartphones, aparelhos de TV (menos o de plasma), teclado, monitor, mouse, tablet, câmera fotográfica e outros. Ele possui um carbono a mais que o etanol na cadeia carbônica, é menos miscível em água, dificultando a oxidação das peças. 

No entanto, é necessário cuidado com a quantidade de produto aplicada, não devendo molhar o equipamento e bastando aplicar com um pano embebido no álcool. Italo Wanghon, que é técnico especialista da Apple, orienta a não esborrifar o líquido diretamente nos eletrônicos. 

“De forma geral, limpar pelo menos uma vez por dia. São usados dois paninhos. Devemos espirrar o líquido no paninho de algodão fio 30 que já vem umedecido com um pouco do produto. Esse que deve ser usado para a higienização. E não espirrar direto no aparelho. Em seguida, devemos usar o outro paninho, o seco, para enxugar o acúmulo”. 

“A limpeza é essencial porque o smartphone, por exemplo, acumula gordura, bactérias, impurezas quando a gente leva até o ouvido. Fica em contato com o suor, com a pele, oleosidade. Um frasco de 20 ml é suficiente para fazer assepsia de vários aparelhos. Pode durar entre uma e duas semanas”, acrescentou Italo. 

O técnico explica que o álcool em gel não deve ser usado para limpar aparelhos eletrônicos. “O álcool isopropílico é específico para limpeza desses aparelhos, porque ele evapora mais rápido. Transforma a gordura em líquido e, quase imediatamente, evapora. E tira a ferrugem. É errado usar o álcool em gel em eletrônicos porque ele vai limpar, mas deixar melado. Pode afetar algum componente do aparelho. Tem composições químicas para limpeza de pele, não para eletrônicos”.

Fonte: O Liberal