O hipnólogo Pyong foi o eliminado da semana do Big Brother Brasil (BBB) 20 com 51,70% no oitavo paredão que atingiu 367 milhões de votos. Pyong Lee foi indicado pelo líder Felipe Prior e disputou a permanência no programa com o ator Babu Santana e influenciadora digital Rafa Kalimann. Babu foi o segundo mais votado com 47,71% dos votos. E Rafa teve apenas 0,59%. “Eu fiz o que acreditava”, disse Pyong.

O hipnólogo esteve em dois dos paredões mais disputados da história do BBB. No paredão com Guilherme que teve mais de 465 milhões de votos e no paredão contra Babu e Rafa que é agora o segundo paredão mais votado da história com 367 milhões de votos. Este paredão contou com a maior quantidade de votos simultâneos em uma hora com 1,479 milhão de votos.   

Nesta semana em uma estratégia arriscada Pyong fustigou o líder Prior para lhe colocar no paredão. Pyong estava confiante que continuaria no BBB e considerou Babu Santana, que foi o principal adversário no paredão, como fraco. Os fãs de Pyong se revezaram na internet para fazer o hipnólogo ganhar. Já Babu contou com apoio de celebridades que pediram para o público deixar o ator na casa.

Babu e Rafa foram tiveram que passar pelo paredão por serem o primeiro e o penúltimo eliminados na prova do líder nesta semana, como havia sido combinado com o público. Os dois não conseguiram se salvar na Prova Bate Volta disputada no domingo de votação. A paraibana Flayslane indicada pela casa com sete votos conseguiu se salvar do paredão na prova.

Fonte: O Liberal