A Universidade Federal do Pará anunciou, na manhã desta terça-feira (17), a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais, no período de 19 de março a 12 de abril, em todos os campi do estado. A medida foi tomada “com base em informações e avaliações de seu Grupo de Trabalho (GT) sobre o novo coronavírus”, disse a instituição em nota.

“Na medida do possível, as unidades acadêmicas e os setores administrativos devem programar ações que possam ser realizadas a distância.” 

A UFPA informou que serão mantidas as atividades dos Hospitais Universitários e de outras unidades, definidas como essenciais. Também será mantido o trabalho assistencial das Residências em Saúde.

Informações sobre o funcionamento dos serviços essenciais serão prestadas por meio da página coronavirus.ufpa.br. “Havendo necessidade, membros da comunidade poderão ser convocados para apoiar o trabalho dos Hospitais Universitários no enfrentamento da epidemia.”

BAIXE AQUI o guia de informações essenciais sobre o Coronavírus.
 

ESTÁCIO 

Ainda na manhã desta terça-feira, a Estácio também confirmou que as aulas presenciais dos campi situados no Pará (Doca, Nazaré, Ananindeua e Castanhal) serão suspensas pelo período de 15 dias.

“A medida, que passa a valer a partir desta terça-feira, dia 17/03, está em sintonia com as diretrizes do Governo do Estado do Pará de suspender as atividades em locais com grandes aglomerações de pessoas, assim como orientações do Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS), como forma de prevenção ao COVID-19 (novo coronavírus)”, disse a instituição em nota.

“A instituição irá manter os alunos informados sobre o retorno das atividades ou sobre a prorrogação desse período, caso seja determinado pelo Governo.” 

CUIDADOS

Em caso de sintomas muito fortes de viroses respiratórias — tosse forte, falta de ar, febre acima de 37,5 °C —, o recomendável é contatar a Vigilância Epidemiológica do município de Belém, por meio do telefone (91) 98417-3985, ou órgãos de saúde dos demais municípios. Há também o telefone 136, do Ministério da Saúde. Nas lojas de aplicativos para Android e iOS, há um app oficial sobre o novo coronavírus, feito pelo SUS.