No voo AD5267, que partiu na segunda-feira (16) de Belém para Belo Horizonte, o copiloto da aeronave da Azul apresentou, em pleno voo, sintomas semelhantes aos de coronavírus. O avião foi isolado na capital mineira. De acordo com a Azul, o trabalhador foi encaminhado ao serviço médico está sendo acompanhando por autoridades de saúde.

O avião ficou em isolamento no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, para passar por procedimentos de higienização e já foi liberado pela Anvisa.

No final da manhã desta terça-feira (17), a aeronave seguiu em destino a Campinas (SP). “O desembarque ocorreu sem intercorrências e os demais clientes e tripulantes da companhia estão sendo avaliados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A Azul ressalta que está colaborando com as organizações de saúde do Brasil e esclarece que o tripulante da empresa será acompanhado pelas autoridades de saúde”, informou a empresa.

Um áudio supostamente gravado por um piloto relata o estado de saúde do copiloto. O arquivo tem circulando nas redes sociais. Segundo essa versão, o trabalhador estava com tosse, febre de 39ºC, dor de cabeça e também espirrando. De acordo com o piloto que teria gravado o áudio, o copiloto disse que teria feito uma viagem recente aos EUA.