Mais de duas toneladas de peixes de várias espécies foram apreendidas pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), na sexta-feira (13), durante fiscalização na região do Mosaico Lago de Tucuruí. O pescado capturado de forma ilegal foi doado neste sábado (14), para uma comunidade do município de Itupiranga, sudeste paraense, onde foi apreendida a maior parte da carga.

A ação contou o apoio do Comando de Policiamento Regional IV (CPR IV) da Polícia Militar do município de Tucuruí.

Pescada amarela, tucunaré, beré e piau estavam entre as espécies capturadas de forma ilegal, a partir da utilização de equipamentos de pesca proibidos pela legislação ambiental vigente, como arpões, amarradores e malhadeiras. Do total da carga, pelo menos 500 quilos de tucunaré foram apreendidos no município de Novo Repartimento, também no sudeste do Pará.

Todo o pescado foi apresentado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Itupiranga e doado para uma comunidade da cidade, conforme pontuou a gerente da Região Administrativa do Mosaico Lago de Tucuruí, Mariana Bogéa. Ela explicou que denúncias anônimas recebidas pela equipe do Ideflor-bio motivaram a investigação, seguida da constatação do ilícito ambiental, que costuma ser fomentado por compradores desse tipo de carga.

Fonte: Agência Pará