O mutirão de renegociação de dívidas foi prorrogado até o dia 20 deste mês devido às fortes chuvas na capital paraense, nesta semana. A programação começou na segunda-feira (9), com previsão de término para a quinta-feira (12), como parte das ações alusivas ao mês do consumidor realizadas pelo Procon, da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

O prazo foi prorrogado para atender o maior número de consumidores que desejam negociar ou renegociar dívidas, mas que encontraram dificuldades de chegar ao órgão. “Estendemos o mutirão em solidariedade aos consumidores que não conseguiram chegar à sede do Procon para se regularizarem por causa do período chuvoso”, afirmou o diretor Nadilson Neves.

Na sede, você poderá renegociar suas dívidas com a Equatorial Energia, Cosanpa, Banpará e operadora de telefonia OI. Em relação as demais empresas, o procedimento pode ser feito de qualquer lugar pela plataforma online. 

O titular da Sejudh, Rogério Barra, esclarece que o objetivo da ação é reduzir o número de superendividados no Estado. Para isso, informa que, também, serão realizadas atividades educativas no próximo dia 15 – Dia Mundial do Consumidor voltadas para fomentar a prática de educação financeira,  com a previsão de outras nos próximos meses. 

Nos quatros dias, a diretoria de defesa do consumidor atendeu cerca de 180 consumidores que foram na expectativa de ter o tão sonhado “nome limpo”, como a dona de casa Firmina Costa, que veio pegar informações sobre os documentos necessários para realizar o atendimento. “Eu moro aqui próximo e vim saber quais os documentos que eu tinha que trazer pra fazer minha negociação e fiquei feliz em saber que na próxima semana eles ainda estarão atendendo, porque para quem mora longe foi difícil andar em Belém esses dias”, ressaltou.