Na noite deste domingo (01), Joel do Nascimento Cunha, de 33 anos, foi morto a tiros em Jacundá, sudeste paraense. Ele abriu a porta de casa pensando ser uma visita, mas foi recebido com vários disparos de arma de fogo, morrendo na porta da residência.

A 18ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) informou que o crime foi por volta das 20h da noite, na rua Vasco da Gama, esquina com a travessa 14 de Maio, bairro Nova Esperança. 

Os policiais contaram que no meio da noite, a sogra de Joel estava cozinhando quando ouviu alguém chamá-lo na porta da casa. Como estava ocupada, ela pediu para Joel atender ao chamado. Quando ele abriu a porta, seis tiros foram deflagrados contra o homem. Ele caiu no chão, e o assassino saiu correndo. 

Segundo testemunhas, vizinhos da casa onde Joel foi morto, dois homens com capacetes e em uma motocicleta Honda Pop de cor branca seriam os responsáveis pelo crime. A mulher nada viu, pois estava ocupada tentando salvar a vida de seu genro, que sangrava no chão da entrada. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionada, mas Joel sangrou até morrer na porta de casa. A Polícia Militar foi ao local e fez buscas na área, mas até o fim da noite, nenhum suspeito de participação na execução havia sido detido. A Polícia Civil de Jacundá investiga o caso.

Fonte: O Liberal