Existe carnaval na capital paraense fora do “Circuito Mangueirosa”, evento promovido na área central de Belém? A resposta é sim, e uma ótima pedida é a Batalha de Confetes dos Blocos de Belém, que está de volta ao carnaval paraense. O evento ocorre neste domingo, 23, nos bairros da Cremação e na Aldeia Amazônica David Miguel, na Pedreira.

Na primeira batalha, os blocos Cheiro-Cheiroso e Estrela Reluzente se encontram às 14 horas na rua Fernando Guilhon, entre a travessa 14 de Março e avenida Alcindo Cacela. Já às 18 horas começa a folia na Aldeia.

Durante a programação, seis blocos saem, cada um do bairro de origem, em direção à Aldeia, onde se encontram para a grande brincadeira da batalha de confetes. Os blocos que vão participar desse momento são Unidos da Pedreira, Chupicopico, Mocidade Alegrense, Encantos do Pará, Quem é Quem na Folia e Sapo Muiraquitã.

A batalha representa o ponto alto do Concurso de Blocos, organizado pela Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel). O presidente da Fumbel, Fábio Atanásio, conta que as expectativas para o retorno da Batalha de Confetes são as melhores possíveis. “A iniciativa resgata a memória de Belém dos antigos carnavais, e isso mexe com as lembranças de carnaval de muita gente”, diz ele.

Atanásio convida a população para participar do momento. “É importante que a população se torne protagonista desses eventos para que as pessoas expressem sua simpatia e aceitação pelos blocos que irão desfilar”, afirma o presidente.

Nesta edição, os blocos também estão participando de uma votação online para saber qual é o grupo que está no coração dos foliões. A votação está disponível por meio do link criado pela Fumbel.

Serviço:

Batalha de Confetes dos Blocos de Belém

Data: 23 de fevereiro

Na Cremação: Às 14 horas, blocos Cheiro-Cheiroso e Estrela Reluzente se encontram na rua Fernando Guilhon, entre a travessa 14 de Março e avenida Alcindo Cacela.

Na Aldeia: O horário para o encontro é às 18h, na Aldeia Amazônica David Miguel, na avenida Pedro Miranda, bairro da Pedreira.