O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), em parceria com o Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), inicia amanhã (21) a operação Carnaval Seguro 2020 nas rodovias estaduais. Segundo a Polícia Militar (PM), as ações serão realizadas até 26 de fevereiro e contarão com o apoio de 65 policiais militares do BPRv, que irão reforçar o policiamento preventivo de trânsito voltado à segurança nas rodovias, com orientações aos condutores de veículos e auxílio na fluidez do trânsito.

Entre os municípios que recebem as ações estão os com maior fluxo de turistas nesse período, como Vigia de Nazaré, Marudá, Marapanim, Bragança, Curuçá, Salinópolis e Mosqueiro.

Vale lembrar que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também inicia seus trabalhos para a operação Carnaval 2020 nesta sexta-feira (21), com lançamento previsto para às 8h30 no KM 20 da BR-316 (Unidade Operacional da PRF em Benevides). Continuando a integração entre diversas instituições, que é o cerne da Operação RODOVIDA, o lançamento contará com a presença da PRF, Detran, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Cruz vermelha, Órgãos municipais de trânsito, Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual (PRE), dentre outros.

O efetivo de fiscalização é formado por 300 policiais, que se revezarão em escalas de 24 horas nas ações de fiscalização de trânsito, policiamento e educação. A BR-316, por ser a rodovia que concentra o maior número de veículos e de acidentes no Estado, terá uma atenção maior, principalmente nos trechos entre Castanhal e Santa Maria do Pará, além da BR-308 no trecho que interliga os municípios de Capanema e Bragança. Para otimizar a fiscalização e coibir os excessos e o desrespeito às leis, serão utilizados bafômetros passivos (o condutor não precisa soprar o aparelho, bastando conversar com o policial para a verificação da presença de álcool no organismo).

PREVENÇÃO

O foco tanto das operações do BPRv, como da PRF, é a prevenção. Pensando nisso, separamos dez dicas, sugeridas pela PRF, para aumentar as chances de um Carnaval seguro no trânsito:

Dicas da PRF para uma viagem segura

1. Atenção redobrada – Deve-se manter atenção total durante toda a viagem, observando qualquer variável que possa causar risco viário com antecedência.

2. Respeitar a sinalização e usar o cinto – Respeite as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Além disso, use sempre o cinto de segurança, equipamento obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

3. Planejamento da viagem e previsão do tempo – O motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo. Para se informar sobre as condições do tempo nos lugares onde vai passar, uma opção é acessar o site do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima.

4. Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo;

5. Descanso e pausas para descanso – Durma bem antes de qualquer viagem de automóvel. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. O condutor também deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Fonte: O Liberal