A Polícia Civil através da Diretoria de Polícia do Interior com apoio da Superintendência Regional do Marajó Ocidental e do Grupamento Fluvial da Secretaria de Segurança Pública, desencadeou nesse final de semana mais uma dita como “Operação resgate de presos do Marajó”.

A Operação consiste no esforço da DPI em diminuir consideravelmente a população carcerária das delegacias localizadas nas regionais do Marajó.

Em virtude da localização geográfica dos municípios, muitos distantes uns dos outros por mais de 12 horas de barco, bem como toda a dificuldade de transporte fluvial para policiais e presos, as delegacias acabam por acumular um alto número de pessoas presas, aguardando transferência para as casas penitenciárias da Região Metropolitana de Belém.

Na Operação realizada este final de semana, foram transferidos 17 presos entre homens, mulheres e também adolescentes apreendidos.

Participaram diretamente da Operação, policiais civis lotados na sede adminstrativa da DPI, policiais civis lotados nas delegacias do Marajó e na Superintendência da 8ª RISP, bem como policiais civis e militares do Grupamento Fluvial.

Fonte: Roma News