O filhote de onça pintada que foi resgatado em Cametá, nordeste do estado, por equipe da Secretaria de Meio Ambiente do município (Semma) no último dia 11 ganhou um novo lar. A Polícia Civil informou que, na manhã desta quinta-feira (13), uma equipe da Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa) realizaram a destinação do felino até o Parque Zoobotânico, localizado na Serra dos Carajás, município de Parauapebas, sudeste paraense.

De acordo com Waldir Freire, titular da Demapa, o animal se manteve bem e tranquilo durante toda a viagem, se alimentando e bebendo água, e chegou a destino sem lesões ou riscos de óbito. O local foi escolhido por proporcionar um ambiente com melhor qualidade ambiental entre os disponíveis na região.

A onça foi resgatada na terça-feira (11), sendo transportada dentro de uma caixa de madeira nas matas da invasão Roma. O animal é de uma de uma espécie ameaçada de extinção, e só foi localizada graças a uma denúncia anônima. No local, dois homens suspeitos do crime ambiental, ao avistar os agentes que realizavam um monitorando na área, abandonaram a caixa com a oncinha e fugiram.

No dia seguinte ao resgate por parte dos fiscais da Semma de Cametá, uma equipe da Demapa, composta pelos policiais Luís Junior, Edelvan e Izan se deslocaram até o município para buscar a onça, trazendo o animal para Belém e, por fim, arranjado um novo lar para o felino em Parauapebas.

Fonte: O Liberal