As estradas paraenses tiveram reducão em todos os tipos de ocorrências registradas, confirmou essa manhã a superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Pará (PRF). Os números estão sendo detalhados em coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (7).

Segundo a PRF, o aumento do número de fiscalizações foi o principal fator para as reduções de ocorrências, que incluem infrações e também acidentes e mortes nas estradas.

A coletiva iniciou às 9h, na sede do órgão, localizado na avenida Júlio César, no prédio do Censipam.

A PRF convocou a coletiva justamente para apresentar uma análise dos dados e das estatísticas sobre acidentes de trânsito que aconteceram nas estradas do Pará. 

Lá a PRF apresenta o último balanço de apreensões e os números das estatísticas  de acidentes de trânsito nas estradas do Pará.

A apresentação do balanço é feita pelo superintendente substituto da PRF, o inspetor Tarcísio Brito, e pelo chefe do setor de comunicação da PRF, inspetor Adriano Ferreira.

Adriano Ferreira, chefe da Secom da PRF
Adriano Ferreira, chefe da Secom da PRF (Divulgação

Ações

A PRF confirmou esta manhã que houve aumento de 1.235,93% de apreensões de maconha, devido ação com cães. Além disso, cresceram em 119,5% as apreensões de madeira ilegal no Estado.

Fonte: O Liberal.