Muitos passageiros foram surpreendidos e reclamaram diante do novo sistema de cobrança do BRT, em Belém, que começou a valer a partir desta quarta-feira (05). A partir de agora, os usuários do transporte coletivo que fazem integração para Outeiro e Icoaraci e para os ônibus articulados do sistema BRT ou para as linhas troncais de veículos padron só poderão fazer o transbordo mediante apresentação de um cartão Vale Digital, Passe Fácil Estudantil, Sênior ou Passe Especial. Quem não tiver nenhum desses pode adquirir o cartão expresso (recarregável) em qualquer uma das 28 bilheterias de terminal, no valor de R$ 1.

Mesmo o trabalho de divulgação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) para esclarecer a mudança, alguns usuários não sabiam da novidade e acharam que estavam sendo cobrados duas vezes: uma dentro ônibus e outra no terminal, no momento de pagar pelo cartão expresso. No início da manhã, no terminal do Maracacuera, em Icoaraci, houve uma aglomeração de usuários que chegaram a invadir a catraca do local, se recusando a pagar qualquer valor excedente.

O autônomo Erick Miranda, de 20 anos, que utilizou a plataforma na tarde desta quarta-feira, disse que só descobriu do novo sistema de cobrança por meio da notícia da confusão que ocorreu durante a manhã. “Até então, nem sabia que tinha que ter um cartão desse para fazer a integração. Vi que teve essa confusão e me adiantei. Vim logo comprar um expresso, porque eu não tenho nenhum benefício da Passe Fácil”, contou.

O jovem acredita que a mudança deve ser benéfica para a população e pediu paciência para adaptação. “Pego o ônibus aqui em Icoaraci mesmo, porque vou para a Almirante Barroso, para o trabalho. Eu vim comprar o cartão, mas tem gente que não entendeu como funciona. Falta de informação. Mas essa alteração é para melhorar o serviço. Temos apenas que ter paciência para nos adaptar”, frisou.

De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), a nova medida servirá para confirmar que os usuários já efetuaram o pagamento da tarifa nos ônibus regulares e que não vão precisar pagar novamente a passagem, evitando fraudes. 

Atualmente, operam até o terminal Maracacuera as linhas 875 – Paracuri/Icoaraci; 879 – Outeiro/Brasília; 881 – Paricás/Águas Negras; 882 – Fama/Fidélis e 883 – Outeiro/Itaiteua, 872 – Icoaraci/Almirante Barroso, nos ônibus articulados do BRT e nos padron da linha troncal.