Foi inaugurado, nesta terça-feira (04), o novo Hospital Pronto Socorro Municipal Humberto Maradei Pereira, o HPSM do Guamá, totalmente recuperado. O número de leitos gerais foi ampliado de 68 para 93. A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) agora tem dez leitos, novos equipamentos e tomografia, tudo dentro do padrão exigido pelo Ministério da Saúde.

Com a inauguração, o HPSM do Guamá passará por processo de limpeza e desinfecção, medida necessária a todas as unidades entregues. A ação é uma determinação do Ministério da Saúde para a garantia da completa higienização do espaço. “É com muita satisfação que entregaremos este novo hospital, da mais alta qualidade, para o povo de Belém. Ampliaremos o número de atendimentos, um novo anexo foi construído, garantindo, desta forma, a expansão da UTI e demais setores, todos com novas instalações e substituição de sistemas elétricos, hidrossanitários e de gases”, destacou o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho.

A obra foi iniciada em dezembro de 2018 e só pôde ser agilizada com a inauguração do Hospital de Retaguarda Dom Vicente Zico, em março de 2019, quando os serviços que ainda estavam em funcionamento no HPSM, bem como a equipe técnica, foram transferidos para o novo hospital. “A saúde, até 2013, passou anos sem grandes investimentos. Com a inauguração do novo hospital estamos criando uma nova história e entregando um serviço de qualidade e com a dignidade que toda população merece”, reforçou o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), Sérgio Amorim. 

A desativação do hospital foi realizada de forma gradual e responsável, começando pelo atendimento de urgência e emergência, enquanto os setores de internação, UTI e bloco cirúrgico continuaram em atendimento aos pacientes até a desativação total.