A Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré já está de volta em solo paraense. Ela passou seis dias em Portugal, cumprindo programação intensa que culminou com o lançamento da candidatura do Culto a Nossa Senhora de Nazaré a patrimônio da cultura imaterial da Humanidade junto à Unesco. A comitiva brasileira chegou com a imagem da santa padroeira da Amazônia por volta das 21h30, desta terça-feira (28), no Aeroporto Internacional de Belém.

A Imagem Peregrina e comitiva saíram de Belém rumo a Portugal no dia 21 à noite, cumprindo uma viagem de sete horas e meia. A partir do dia 22, a  imagem esteve em Lisboa e no município de Nazaré durante o Encontro Internacional das Comunidades Devotas de Nossa Senhora de Nazaré. Foi nesse evento que ocorreu o lançamento da candidatura do Culto a Nossa Senhora de Nazaré a Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade junto a Unesco.

“A iniciativa da Câmara Municipal da Nazaré foi muito bem acolhida por nós e, durante esses dias, participamos de um evento muito bem preparado e foi muito proveitoso. Agora esperamos que nos próximos meses tenhamos o resultado da candidatura. A receptividade que tivemos em Lisboa produziu um efeito muito positivo de comunhão entre os dois santuários, só temos a agradecer”, disse Dom Alberto Taveira, ao desembarcar na capital paraense.

A comitiva brasileira que conduziu a Imagem Peregrina em solo lusitano foi integrada pelo arcebispo metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa; o reitor da Basílca Santuário de Nazaré, padre Luiz Carlos Gonçalves; a secretária de Estado de Cultura, Úrsula Vilda, representando o Governo do Estado; o diretor coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré, Albano Martins, e integrantes da Guarda de Nossa Senhora de Nazaré.