A Lockheed Martin, fabricante do helicóptero ‘S-76B’, modelo envolvido no acidente que matou Kobe Bryant e mais oito pessoas, informou através de nota oficial que abriu investigação para apurar as causas do acidente.

– Estendemos nossas mais sinceras condolências a todos os afetados pelo acidente de hoje com o Sikorsky S-76B em Calabasas, Califórnia. Entramos em contato com o NTSB e estamos prontos para fornecer assistência e suporte às autoridades investigativas e ao nosso cliente. A segurança é a nossa prioridade; se houver alguma descoberta acionável da investigação, informaremos nossos clientes do S-76′ – comunicou a empresa.

A AERONAVE O modelo S-76 é fabricado desde 1977. Há apenas 1.090 unidades no mundo, sendo o helicóptero avaliado em 13 milhões de dólares. Ele possui capacidade para dois tripulantes e 13 passageiros.

A aeronave é utilizada ao redor do mundo por companhias aéreas, corporações, hospitais e por governos, podendo também ser utilizada em missões bélicas, feito por inúmeros países ao redor do mundo como Argentina, China e Japão.

ACIDENTE Kobe Bryant morreu em um trágico acidente de helicóptero na manhã de domingo, na cidade de Calabasas, região próxima de Los Angeles. Com ele, estava na aeronave a filha Gianna, de 13 anos, o piloto e mais sete tripulantes. Não houve sobreviventes no acidente. Kobe deixa a esposa Vanessa e três filhas, Natalia Bianca e Capri.