m as informações sobre suposta tentativa de suicídio do adolescente apontado como autor de homicídios contra mulheres, em Marituba. A Fasepa esclarece que o adolescente permanece em intenção provisória na Fundação, onde recebe acompanhamento multidisciplinar e aguarda decisão da Justiça”, diz o comunicado. 

A Justiça estadual decretou no último dia 14 a internação provisória do adolescente, que foi apreendido pela Polícia Civil após ser identificado como responsável pelos recentes casos de estupro e pela mortes da esteticista Samara Mescouto, encontrada morta no último dia 12, e Jennyfer Karem da Silva Monteiro, que morreu no hospital no último dia 22.

Duas representações requerendo a internação foram protocolizadas pelo Ministério Público do Estado, por meio da 1ª promotora de Justiça da Infância e Juventude de Marituba, Léa Mouzinho da Rocha. 

O depoimento do adolescente responsável pelos casos foi colhido na Promotoria de Marituba, onde ele confessou o estupro e roubo de duas vítimas, bem como a lesão corporal e roubo de uma terceira vítima.  

As vítimas trabalhavam oferecendo serviços de estética pelas redes sociais. O adolescente criou um perfil feminino falso e se passavam por clientes, marcando um local público para os encontros.

Nesse momento o adolescente chegava de bicicleta ou moto e se dizia esposo da cliente ou mototaxista de confiança designado pela cliente para levar a profissional de beleza até a residência onde ocorreria o atendimento estético. Durante o percurso até a suposta residência as vítimas eram atacadas e levadas para o mato, onde ocorriam as agressões, estupros e roubos.