reprodução

Está sob análise do governador do Pará, Helder Barbalho, o esboço do projeto de revitalização e readequação do Estádio Mangueirão, feito pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). A ideia é que o poder público adeque e inclua melhorias. Após este processo, o projeto será apresentado para os clubes e desportistas.  

A previsão é que o projeto seja finalizado e apresentado até fevereiro. Depois, terá início o processo de licitação e contratação da empresa que executará os serviços.

Segundo informações divulgadas pela Sedop, entre as melhorias já propostas, constam serviço de drenagem e reutilização da água do gramado, nova pintura, acessibilidade e sinalização para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, estão previstas novas catracas e cadeiras para arquibancadas. Outro fator que gera atenção do poder público são estratégias de redução no tempo de evacuação de torcedores, seguindo as normas de segurança exigidas.

O Mangueirão está liberado para receber até 35 mil torcedores