REPRODUÇÃO

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), dá andamento ao projeto de reforma do Mangueirão. 

E a reportagem apurou que entre os agentes públicos há uma previsão extraoficial no sentido de que a reforma do Mangueirão inicie no segundo semestre deste ano. 

Dada a complexidade da obra, a tendência é que o prazo de conclusão pré-estipulado seja de um ano, o que impactaria os clássicos Remo e Paysandu da Série C do Campeonato Brasileiro de 2020, além dos jogos do Campeonato Paraense de 2021.

A reportagem procurou os presidentes de Remo e Paysandu para que falassem sobre a previsão do local dos clássicos, em caso de impossibilidade de utilizar o Mangueirão. 

Para o presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, ainda não há uma deliberação específica sobre o assunto. Ele vai avaliar a situação. Até o momento, o presidente do Remo, Fábio Bentes, não se posicionou sobre o assunto