Os curta-metragens participantes da 10ª edição do “My French Film Festival” serão exibidos em sessões gratuitas em Belém, na sede da Aliança Francesa, a partir desta terça-feira, 21. Ao todo, serão exibidos 17 curtas, entre animações, comédias, dramas e suspenses, todas as terças-feiras (21 e 28/01 e 04 e 11/02) até o próximo dia 11, sempre às 18h30.

O festival promovido anualmente pela UniFrance, organização do governo francês de promoção do cinema francófono para o exterior, reúne longas e curtas de forma gratuita e on line no site por meio do site https://www.myfrenchfilmfestival.com/pt/. Os filmes concorrentes do festival começaram a ser exibidos no último dia 16.

“O festival tem o objetivo de apresentar a mais recente criação cinematográfica francófona gratuitamente de forma on-line. São filmes produzidos não apenas pela França, mas também pela Bélgica e Suíça, que não estão disponíveis em plataformas de streaming e nem foram exibidos em salas de cinema do circuito comercial”, explica a gerente cultural da Aliança Francesa, Dominik Giusti.

Apesar da exibição on line, o público belenense terá a oportunidade de assistir os curtas do evento em uma sala de exibição, similar ao cinema. Nesta terça-feira, 21, serão exibidas as animações com classificações variadas e legendas em português: “Depois Da Chuva” (After the Rain) de direção coletiva; “O Sonho De Sam” (Le Rêve de Sam) de Nölwenn Roberts; “O Tigre Sem Riscas” (Le Tigre sans rayures) de Raùl Robin e Morales Reyes; “Stuffed”, de direção coletiva; “Turbopéra”, de direção coletiva; “A Noite Dos Sacos Plásticos” (La Nuit des sacs plastiques) de Gabriel Harel; e “O Discurso Glorioso De Aceitação De Nicolas Chauvin” (Le Discours d’acceptation glorieux de Nicolas Chauvin) de Benjamin Crotty.

No dia 28 serão exibidos as obras de arte em realidade virtual, com classificação de 16 anos e legendas em francês: “Un bar aux Folies Bergère VR” (A Bar at the Folies-Bergère VR), de Gabrielle Lissot; “L’Île des morts VR” (Isle of the Dead VR ), de Benjamin Nuel; e “Le Cri VR” (The Scream VR), de Sandra Paugam e Charles Ayats. No dia 4 serão exibidos os filmes sobre mulheres, com classificação de 16 anos e legendas em português: “Pleno Oeste” (Plein Ouest), de Alice Douard; “Uma Irmã” (Une sœur), de Delphine Girard; e “A aventura atômica” (L’Aventure atomique), de Loïc Barché.

E no dia 11, as comédias e juvenis com classificação de 12 anos e legendas em português: “A Tração Dos Polos” (La Traction des pôles), de Marine Levéel; “Pelo Menos” (Pile poil), de Lauriane Escaffre e Yvonnick Muller; “O Canto De Ahmed” (Le Chant d’Ahmed), de Foued Mansour; e “Ralha-Criançada” (Gronde marmaille), de Clémentine Carrié.

On Line

Já no site do “My French Film Festival”, os filmes podem ser assistidos até o próximo dia 16 de fevereiro, mediante o cadastro gratuito do usuário, que também poderá votar nos melhores filmes do festival.

O festival reúne 31 filmes, incluindo, pela primeira vez, uma seleção de filmes sem falas, destinada às crianças. Dentre esses, 10 longas-metragens e 10 curtas-metragens concorrem à premiação, incluindo dois longas e um curta belgas. Os internautas são convidados a dar notas a todos os filmes e a deixar seus comentários no site.

A seleção também inclui um filme suíço fora de competição, uma seção de audiência jovem, uma seção de realidade virtual e exibições especiais.

As categorias de premiação são: Prêmio do Grande Júri, composto por cineastas internacionais; Prêmio Lacoste do Público, com os votos dos internautas; Prêmio da Imprensa Internacional, selecionado por jornalistas da mídia estrangeira. O Grande Júri e o júri da imprensa internacional se reunirão em Paris durante o festival para votar nos filmes vencedores.

Agende-se:

Exibição de curtas-metragens do “My French Film Festival 2020”
Data: terças-feiras (21 e 28/01 e 04 e 11/02)
Hora: 18h30
Local: Aliança Francesa de Belém (Travessa Rui Barbosa, 1851, Batista Campos)
Entrada gratuita
Informações: (91) 3224-3998, WhatsApp (91) 98443-8252 e e-mail cultural@afbelem.com