O relato de uma mãe desesperado viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira (20), após, segundo a mulher, ter sido ameaçada por sequestradores que queriam tomar sua filha na Cidade Nova, em Ananindeua. No depoimento publicado em sua rede social, ela alega que uma mulher exigiu que entregasse a filha, caso contrário, a infectaria com o líquido que trazia em uma seringa.

O caso foi registrado por ela na 3ª Seccional Urbana da Cidade Nova, e teria ocorrido por volta das 10h desta segunda-feira. Segundo a mulher, ela seguia com a filha, uma bebê de apenas três meses, por uma travessa da Cidade Nova 8, logo após vacinar a criança no posto de saúde. No meio do caminho, um veículo Renault Logan, de cor prata, parou. O motorista baixou o vidro traseiro e, de dentro do carro, uma mulher teria dito “me entrega a criança, se não, te furo com essa seringa infectada”.

“Enquanto ela ia abrindo a porta do carro, eu peguei a minha filha e sai correndo com ela no colo, gritando e pedindo socorro. Logo me aproximei da quadra esportiva e pedi ajuda aos homens que estavam lá jogando futebol, e os mesmos foram pra rua e viram quando o carro deu a volta e fugiu”, disse a mulher em seu relato na redes social.

Ao fim do relato, a mãe faz um alerta. “Eu tô trêmula até agora é muito grata a Deus por não ter acontecido o pior. Vamos ficar mais atentos a tudo e todos e não saiam sozinhas com seus filhos”, encerra. O caso deve ser investigado pela Seccional da Cidade Nova.