Depois de a família oferecer recompensa para encontrar homem “desaparecido” e até contratar detetive, ele resolveu tentar se explicar à mulher. O detetive o localizou em uma praia de São Vicente, no litoral de São Paulo, com duas mulheres.

Nas mensagens, o homem disse que agiu induzido pela bebida alcoólica, e que estava arrependido.

“Ele pode falar o que quiser, mas comigo não tem mais conversa. Veio me chamar pelo WhatsApp do irmão falando isso e que surtou. Ele sabe que fez errado e que estragou a vida dele, falou que se arrependeu. Que ele seja feliz, porque pra mim, ele já era”, diz a mulher, de 35 anos.