Durante uma viagem em família, Alan Frank passou por um grande susto. Ex-integrante do grupo Polegar, cantor e médico oftalmologista contou, à revista Marie Claire, que o filho Luigi sofreu uma parada respiratória no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Alan Frank estava acompanhado da esposa, Fernanda Soglia, dos filhos gêmeos Luigi e Luca, de 6 anos, e Nathan, de 19 anos, quando tudo ocorreu, no dia 2 de janeiro. A família aguardava as bagagens, quando Luigi pegou um copo de água mineral da mochila do pai, saiu correndo e foi matar a sede enquanto brincava.

Foi então que o menino engasgou com a água, em seguida vomitou e um pedaço de algum alimento provavalmente obstruiu as vias aéreas de Luigi, contou Alan Frank. “Ele começou a ficar roxo e perdeu completamente os sentidos. Teve uma parada respiratória”, declarou.

Após fazer os primeiros socorros com o filho há quase dois minutos desacordado, e tentar fazê-lo respirar mecânicamente pela boca e pelo nariz, o médico conseguiu reanimar Luigi, que continuou inconsciente. Em seguida, a equipe médica do aeroporto prestou ajuda e o pequeno foi encaminhado para um hospital em Guarulhos, onde se recuperou. Depois, ele foi transferido para um hospital em São Paulo, onde permaneceu em observação até o dia seguinte.

O impressionante é que, segundo o relato do cantor, o filho disse que viu o avô materno quando ficou inconsciente. “Ele nos disse que foi pro céu e o avô materno o mandou voltar. Que ele viu seu corpinho no chão e entrou”, disse. O caso foi compartilhado por Alan Frank nas redes sociais. “Definitivamente o que temos de maior e real valor nessa vida são os momentos que usufruímos ao lado da nossa família e pessoas que amamos! Espero que nenhum pai ou mãe passem pelo que passei!”, declarou na postagem.