Pâmella Gomes se prepara para voltar a brilhar como rainha de bateria da escola de samba Tom Maior no Carnaval de São Paulo. Aos 28 anos de idade, a bailarina do “Domingão do Faustão” é “cria da comunidade” e faz parte da agremiação desde os 3 anos. “O Carnaval nunca vai sair da minha vida”, afirma a beldade, que já desfilou na ala das crianças, foi rainha mirim, princesa de bateria, até chegar ao posto de rainha.

Vinda de uma família de sambistas, Pamella tem grande parte da família envolvida com a Tom Maior, agremiação com quadra no bairro do Bom Retiro. “Meu tio é mestre de bateria, minha tia é madrinha de bateria, um primo é da diretoria, outro é ritmista”, contou ela, que tem ainda os pais, Jairo Silva e Simone Gomes, desfilando como primeiro casal de mestre-sala e porta -bandeira.

No Carnaval 2020, Pamella contará ainda com a presença do namorado, o ator e modelo Marcelo Zarantonelli, des – lando como seu apoio e afirma que ele não é ciumento. “Carnaval realmente tem uma grande exposição, mas ele entende bastante”, afirma a dançarina, explicando que muda o regime e intensifica a rotina de exercícios nesta época do ano. “Faço dieta louca, sim. Antes do Carnaval, sigo 10 dias de zero carbo.”