Uma série de atrizes da TV Globo denunciou o coordenador do Departamento de Humor da emissora Marcius Melhem por assédio moral. Dentre as atrizes que trabalham no núcleo de Melhem estão grandes nomes como Dani Calabresa e Maria Clara Gueiros. As informações são da colunista do portal UOL, Leo Dias.

A legislação considera assédio moral no trabalho qualquer situação humilhante, constrangedora, repetitiva e prolongada durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, sendo mais comuns em relações hierárquicas autoritárias.

As denúncias são consideradas assunto interno da TV Globo, principalmente quando se relacionam a assédios. Os profissionais são proibidos de comentarem os assuntos nas redes sociais ou na imprensa.

Mesmo assim Dani Calabresa teria dado pistas em rede social que o ano não foi nada bom. “2019 foi uma eterna prova do líder. Tô até agora esperando o Bial ou Tiago Leifert me avisarem que posso me mexer e ir mijar em paz”, disse no Twitter com compartilhamento pelo Instagram.

A denúncia das atrizes ganhou o reforço de alguns homens do humor como Marcelo Adnet, que testemunhou a favor das atrizes.

A emissora emitiu uma nota sobre o assunto:

Todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo.

O humorista Marcius Melhem não foi encontrado para comentar as denúncias segundo a coluna de Leo Dias. O artista não possui assessoria de imprensa e nem mesmo rede social aberta aos fãs. No Instagram, fechado, uma mensagem clara no perfil: “Atenção: Perfil para amigos e familiares”.