reprodução

Todo fim de ano, os mais pessimistas pedem um meteoro. Pois um asteroide gigante, de até 620 metros de diâmetro, chamou a atenção de técnicos da Agência Espacial Americana (Nasa).

Trata-se da segunda maior rocha espacial a se aproximar do nosso planeta em 2019, e foi batizada de 310442 (2000 CH59). Por volta de 5h desta quinta-feira (26), o monstro estava a 2 milhões de quilômetros.

A agência espacial norte-americana classificou a aproximação como um evento “perigoso”, e monitora o movimento do asteroide. Essa postura acontece quando um corpo celeste pode passar a uma distância menor que 48 milhões de quilômetros do nosso planeta.

“Ao longo de muitos séculos e milênios, esses asteroides podem evoluir e chegar a cruzar a órbita da Terra. Por isso, é prudente monitorá-lo nas décadas a seguir para estudar como a órbita que descrevem pode estar mudando”, afirmou Paul Chodas, diretor da Nasa, à revista Newsweek.