reprodução

O ator Thiago Lacerda se pronunciou sobre as acusações de porte e consumo de maconha feitas na noite da última sexta-feira, dia 20. O artista foi encaminhamento para a 14ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro na noite de sexta-feira, 20. Lacerda foi parado em uma operação na Zona Sul da cidade. Após o veículo ser revistado os policiais teriam ‘material entorpecente’. Ele foi encaminhado para fazer exames e na volta para a delegacia se deparou com cinegrafistas registrando o momento e gerando uma grande repercussão. 

Em nota para a Coluna Leo Dias, do Portal UOL, a assessoria de imprensa de Lacerda declarou que após os exames nada foi constatado, por isso o ator foi liberado em seguida. “Thiago Lacerda foi retido ontem pela polícia do RJ com suspeita de estar consumindo maconha. O ator foi levado para fazer perícia e nada foi constatado, assim sendo, foi liberado pelo delegado no mesmo dia.”

A Polícia Civil informou que Thiago estava na Rua Mario Ribeiro, no bairro do Leblon, quando foi parado pela operação. “Quando em operação na área III na Rua Mario Ribeiro, teve a atenção voltada para um veículo Compass de placa […], o mesmo exalava um forte cheiro de entorpecente, ao fazer a abordagem foi constatado que o motorista se tratava de Thiago Ribeiro Lacerda (ator), sendo encontrado pequena quantidade de material entorpecente com o mesmo, o qual foi encaminhado a 14 DP para medidas cabíveis”.

Thiago Lacerda fará uma participação na próxima novela “Salve-se Quem Puder”, da TV Globo, que estreia em 2020.