Muita gente aproveitou este sábado (21) para pegar a estrada e barcos rumo a municípios e áreas de praias do interior do Estado e para fora do Pará, a fim de passar o Natal, nesta quarta-feira (25), e saudar a chegada de 2020, na virada de ano, do dia 31 deste mês para 1º de janeiro. Nos terminais hidroviário, na avenida Marechal Hermes, no centro de Belém, e rodoviário, em São Brás, houve movimentação constante de embarque de passageiros. Na rodovia BR-316, houve deslocamento constante de veículos ao longo da manhã.

A informação repassada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), no começo da tarde, foi de que “o trânsito está intenso na saída da cidade neste sábado, mas fluindo”. “O ponto de maior concentração de veículos é entre os km’s 6 e 8, sentido crescente da rodovia BR-316. Dois acidentes foram registrados no dia de hoje, sem gravidade”, nos quilômetros iniciais da rodovia BR-316.

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, na BR-316, “houve um fluxo intenso pela manhã, até as 12 horas”. A circulação de veículos normalizou-se a partir das 12h30.

Embarque

No Terminal Hidroviário, muitos passageiros aguardavam pelo horário de embarque. “Eu vim trazer o meus avós que vão para Macapá (AP). E vamos comprar as passagens agora”, declarou o recepcionista Wallace Cavalcante, 26 anos, na entrada do terminal. No local, desde as seis horas, saíram embarcações para municípios paraenses e para a capital amapaense. Entre os destinos procurados figuravam Camará, Cametá, Ponta de Pedras, Limoeiro do Ajuru, Soure e Salvaterra.

O movimento de passageiros costuma ser intenso no loca, por causa de viagens para Macapá. No entanto, mostrou-se maior neste sábado por conta da demanda de embarques de quem pretende passar o Natal e Ano Novo fora de Belém. O casal Mateus Vidal, 20 anos, estudante de Engenharia de Telecomunicação, e Raylane Pacheco, 22 anos, comerciária, ficou de seguir viagem para Camará no começo da tarde. “É uma hora e 45 minutos de viagem, e a gente vai aproveitando tudo”, disse Raylane. Mateus disse quie iria assistindo ao jogo do Flamengo contra o Liverpool durante a viagem, com bom torcedor rubro-negro.

No guichê de empresa com pasagens para Macapá, foram comercializadas 200 bilhetes até por volta das 14 horas. Em um outra empresa, de catamarãs com viagens para o Arquipélago do Marajó, foram vendidas mais de 100 passagens até o final da manhã.

No Terminal Rodoviário, em São Brás, o movimento de compra de passagens e embarque de passageiros se deu pela manhã. Houve demanda por passagens para Bragança, Cametá e municípios do Sul do Pará e outros estados do País. “A gente veio de Paragominas e vai, agora, para São Paulo. Vamos com nossas esposas, para passar o Natal e a chegada do Ano Novo”, disse Leandro Carvalho, 28 anos, professor de tênis de quadra, ao lado do amigo João Vítor Araújo, 21 anos, estudante de Contabilidade.