reprodução

A Polícia Civil do Pará divulgou nesta sexta-feira (20) o resultado de três grandes operações. Em coletiva, o delegado-geral Alberto Teixeira divulgou que, até o momento, a operação Reverso cumpriu 307 mandados de prisão. Desse total, 64 foram cumprido apenas hoje, em todo Pará, na operação que foi iniciada em 13 de novembro.

Segundo o delegado-geral, o foco da operação é em pessoas que tenham cometidos crimes contra o patrimônio, isto é, em maioria, assaltos e roubos. “Decidimos fazer essa operaçaõ nesse períodos porque no fim de ano, muitos presos recebem indulto, estão voltando à sociedade. Sendo assim, impedimos que alguns presos que estavam com mandado de prisão em aberto por outro crime saíssem da prisão, assim como prendemos outros que estavam com mandados em seu nome”, explicou  o delegado.

De acordo com Teixeira, esse momento é quando muitas pessoas estão com dinheiro em mãos para as compras de fim de ano, e por isso, ficam mais propensas a serem atacadas por criminosos. Por isso, era essencial fazer esse tipo de ação policial agora e garantir a segurança de consumidores e população em geral.

Além da Reverso, a Polícia também apresentou materiais apreendidos durante as operações Slot e Blackjack, As operações cumpriram mandados de busca e apreensão em estabelecimentos de exploração de atividades econômicas ilícitas com práticas não tributadas, como caça-niqueis e jogos de azar. A força-tarefa de combate a lavagem de dinheiro foi iniciada nesta quinta-feira (19) e segue nesta sexta-feira (20) com análise minuciosa dos materiais apreendidos.