A Caixa Econômica Federal vai liberar mais R$ 2,6 bilhões no saque complementar do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Cerca de 10 milhões de brasileiros serão beneficiados com saque.

Os saques serão liberados a partir da próxima sexta-feira (20).

O crédito da diferença será liberado automaticamente para os trabalhadores com conta na Caixa Econômica no dia 20 de dezembro.

Para quem não tem conta no banco, pode realizar nos terminais de autoatendimento ou casas lotéricas. O saque pode ser realizado até o dia 30 de março de 2020.

O saque é disponibilizado para todos os brasileiros que tinham mais de R$ 500 nas contas ativas e inativas do FGTS até 24 de julho de 2019.

Segundo o calendário divulgado pelo governo federal, dos R$ 500, os trabalhadores nascidos em novembro e dezembro são os últimos que ainda precisam receber o saldo, que acontecerá a partir de 18 de dezembro deste ano.

Os trabalhadores que ainda não realizaram o saque dos R$ 500, a partir de 20 de dezembro, poderão sacar o valor total do benefício, se tiver direito ao saque complementar. Neste caso, poderá ser possível sacar até R$ 998 por conta ativa ou inativa.