reprodução

Policiais da Seccional Urbana da Cidade Nova, sob comando dos delegados Hennison Jacob e Vanildo Costa, cumpriram mandados de busca e apreensão e em uma loja na avenida Comandante Braz de Aguiar, centro de Belém, na manhã desta quinta-feira (05). Segundo os policiais, a empresa estava violando leis de propriedade industrial, fabricando e vendendo jalecos e uniformes usando a marca de outra empresa.

Além da loja no bairro de Nazaré, um dos endereços mais luxuosos da capital paraense, a Operação Loki também cumpriu mandado na fábrica da empresa, que fica na travessa WE-69 do Conjunto Cidade Nova, bairro do Coqueiro, em Ananindeua. Na operação, foram utilizadas duas equipes policiais, que atuaram de forma simultânea nos dois endereços. Na loja e Belém, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, onde onde a polícia apreendeu jalecos e camisas, que eram comercializadas de forma indevida no local. Já no endereço da fábrica, na Cidade Nova VII, foram apreendidas três máquinas de costura industrial, quatorze jalecos, três rolos de tecido, carretéis de linhas e zíperes.

A loja é especializada em vender vestimentas para quem trabalha na área de saúde e, segundo o delegado Hennison Jacob, a empresa cometeu crime contra a propriedade intelectual e relação de consumo, utilizando o nome de outra marca de forma inadequada e expondo o consumidor a uma série de riscos.